Jogando Papo Board Games Nº 00 – Zombie Dice e Dead of Winter

Escrito por:

Darth Randy BR

Neste episódio piloto do Jogando Papo Board Games (spin off do Jogando Papo focado nos jogos “analógicos”) os jogadores Xandao13BR, Darth Randy BR, FelipeRS (da loja Beco Diagonal) e Lucas Andrade, (o Lukita, do OnBoard BGG e Meeple Maniacs e também sócio fundador e eterno Boss do Jogando Papo) juntam-se para analisar dois jogos lançados recentemente no Brasil, ambos com temática de zumbis, porém de estilos bem diferentes: Zombie Dice (jogo simples e rápido apenas pra “aquecer” a jogatina), e o jogo principal, mais sério, sobre o qual realmente vale a pena falar por bastante tempo, Dead of Winter.

A opinião de vocês é muito importante para que façamos um podcast cada vez melhor. Por isso, pedimos que comentem aqui mesmo, no espaço para comentários abaixo do post, ou, se preferirem, pelo Twitter @jogandopapo ou email jogandopapo@jogandopapo.com.br. Se gostarem, compartilhem nas Redes Sociais pelos nossos links aqui no post.

Clique aqui para baixar o arquivo MP3 (clique com o botão da direita, e selecione salvar destino como).

Para baixar a versão .ZIP do Podcast, clique aqui!

Assine também o podcast pelo nosso Feed ou diretamente na Itunes Store, para sempre receber automaticamente o episódio mais atual. Quem é nosso assinante na Itunes Store por favor avaliem o podcast por lá, pois é muito importante para ajudar na divulgação.

  • Guilherme Andrade

    Quando vai sair o próximo jogando papo games? To esperando suas opiniões sobre quantum break

    • Pedimos sinceras desculpas pelo atraso na grade regular do Jogando Papo, pois o programa que sairia esta semana foi perdido e tivemos que regravá-lo todo, mas semana que vem já terá um novo Jogando Papo: Boteco. Infelizmente ainda não será tratado do Quantum Break. Este de hoje é um piloto de um projeto paralelo nosso, voltado para os boardgames, que irá acrescentar mais um programa, sem prejuízo dos programas regulares.

  • Filipe Oliveira

    Parabéns pelo primeiro Podcast, pessoal. Curti! 😉 Só uma observação:

    Quando uma carta de “Crossroads” for comprada e não puder ser ativada, ela deve ser colocada embaixo do baralho, no final do turno do jogador. O manual em momento algum manda comprar uma nova carta se a primeira não puder ser ativada. É apenas uma carta por jogador e, se não for ativada, não há outra possibilidade! O que pode ter gerado confusão é o seguinte texto do manual: “Se a carta não for ativada, coloque-a no final do baralho de encruzilhada. Se o jogador não for capaz de satisfazer as condições de uma opção da carta de encruzilhada, ele deve escolher a outra”. Ou seja, se a “opção 1” da carta não puder ser ativada, o jogador do turno atual deve escolher a “opção 2”, mas não há que se comprar uma nova carta se ela não for nem mesmo ativada para que o jogador possa escolher entre as duas opções (ele passa o turno sem nenhum efeito de “encruzilhada”).

    Abraço!

    • Filipe, ficamos muito felizes por você ter gostado do programa e, sim, você tem total razão na sua observação. Foi uma confusão minha ao ler as regras, e irei consertar no próximo programa. Valeu demais pelo toque!

  • Eduardo Borges

    Vocês só se enganaram quanto às cartas de encruzilhadas. Não existe essa história de que se não for possível aplicar a carta no momento deve sacar outra carta. No manual não tem nada disso. Apenas se o gatilho não se aplicar, descartar a carta.
    Fora isso, estão de parabéns pelo podcast

    • Verdade, confundimos quanto a isso. Iremos corrigir no próximo programa. Ficamos felizes que tenha gostado do podcast.

12 de abril de 2016 Escrito por: Darth Randy BR